12 Coisas Perigosas Que Você Faz Com o Seu Cachorro Sem Nem Se Dar Conta

Se você os adora é melhor prestar atenção a isso. 12 coisas perigosas que você faz com o seu cachorro sem nem se dar conta.

Quem tem cachorro, quer que ele fique sempre saudável e que vivam uma vida longa e feliz, mas às vezes os próprios donos, fazem coisas que podem prejudicar seus amiguinhos peludos e nem se dão conta disso.

Os cães são curiosos, aventureiros e se comportam como crianças. São coisas mais fofas, mas isso também pode colocá-los em enrascadas.

É claro que nós não queremos isso, e aqui estão alguns erros comuns que as pessoas cometem, sem perceber, quando o assunto é cuidar dos seus cachorrinhos.

#1 Escolher a coleira errada

Antes de tudo é preciso escolher o tipo certo de coleira. Esta decisão é muito importante e bem pessoal. Existem diversos tipos de coleiras e você precisa optar por aquela que atende melhor às necessidades e personalidade do seu cãozinho.

Coleira plana

Esta é a mais comum e você pode encontrá-la em qualquer pet shop. Ela vem com uma fivela que pode ser ajustada à medida que o seu cãozinho cresce.

Coleira com o fecho breakaway

É ideal para cachorros que passam muito tempo fora de casa. Quando o seu cãozinho fica preso em alguma coisa e corre risco de se enforcar, ela se abre. Se ele é inquieto e adora explorar tudo à volta dele, esta é a coleira perfeita.

Coleiras especiais para adestramento

Você pode não querer usar este tipo, caso o seu cãozinho seja muito novo, já que ela foi feita para adestramento. De qualquer forma, tudo vai depender da idade do seu cachorro.

Coleira peitoral

Se seu cachorro fica puxando e gosta de explorar tudo o que consegue alcançar, usar esta coleira pode ser uma boa ideia. Os outros tipos podem machucar a garganta dele quando ele puxa muito forte, o que não acontece com a coleira peitoral, pois ela distribui a tenção no peito do animal. Independentemente do tipo, o segundo e não menos importante passo é se certificar de que ela é do tamanho certo. Se for muito grande, seu cãozinho pode fugir, se for muito pequena, ele pode sufocar.

O ideal é que para raças do tamanho pequeno e médio, haja um espaço de um dedo, entre a coleira e o pescoço do cachorro. Para os mais grandalhões, aumente este espaço de folga, para dois dedos e não se esqueça de verificar a firmeza da coleira de vez em quando, principalmente se o seu cãozinho ainda estiver crescendo.

Além disso os cachorros, assim como as pessoas, podem engordar com o passar do tempo.

Você quer saber como você pode alimentar seu amigo de forma correta sem que o prejudique? Clique Aqui e veja como transformar a saúde do seu cãozinho.

#2 Deixar o cachorro sozinho no carro

Nunca, jamais deixe o seu amigo de quatro patas sozinho dentro do carro. Segundo a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional, nos Estados Unidos, a temperatura dentro de um carro pode aumentar 20 graus a cada 10 minutos, mesmo se ele estiver estacionado na sombra.

A Administração Nacional de Segurança Rodoviária dos Estados Unidos, confirma esta informação e acrescenta que, mesmo se a temperatura do lado de fora for fria, de 15 graus celsius por exemplo, ela pode disparar para 43 graus dentro do carro.

Os cães não suam como os humanos, então eles podem superaquecer muito mais rápido do que você imagina. Já que eles não têm a habilidade de se refrescar sozinhos, as consequências de ficar dentro de um carro fechado podem ser fatais.

Se o cão estiver superaquecido, ele vai ficar ofegante e agitado e babar constantemente.

Sintomas como:

  • vômito
  • diarréia
  • letargia

Indicam que ele está correndo risco de vida. Se isso acontecer, leve o seu cachorro ao veterinário imediatamente.

#3 Não cuidar da saúde dos dentes do cachorro

Os dentes dos cães, precisam ser higienizadas, assim como os das pessoas e não é a questão de estética, é necessidade mesmo.

É por isso que você deve começar a fazer isso, assim que adotar o seu cãozinho, pois assim ele já se acostumou a escovar os dentes.

Três vezes por semana já é o suficiente para começar ou se os dentes dele forem saudáveis, mas é melhor se esforçar para fazer isso todo dia e não, dar alguma coisa para o cachorro morder, não substitui a escovação.

Aqueles brinquedinhos de silicone com gosto de menta, não limpa os dentes de trás com a mesma eficiência de uma escova.

Não use pasta de dente ou escovas feitas para pessoas. Existem produtos específicos para animais e eles são totalmente diferentes dos feitos para os humanos. Aposto que você nunca experimentou uma pasta de dente, com gosto de frango ou de carne né?

As escovas caninas, geralmente têm cabeças menores e cerdas bem macias. Se você não tiver uma, pode usar uma escova infantil, um cotonete ou até um pedaço de gaze enrolada no seu dedo, mesmo assim, é fácil encontrar pasta de dente e escova para cachorros nos pet shops ou em clínicas veterinárias.

Falando nisso, você precisa levar seu amigo peludo, para que um profissional limpe os dentes dele, duas vezes ao ano. Isso mesmo, igualzinho aos humanos.

#4 Deixar o cachorro comer tudo

Nunca de comida de humanos para o seu amigo de estimação. Ela é muito salgada, apimentada e gordurosa. Na verdade, muitas das coisas que você come são tóxicas para ele.

Doces, chicletes, alimentos assados e até alimentos de dieta, que tem um adoçante especial, chamado xilitol.

Se o seu cachorro ingerir, o açúcar do sangue dele pode cair e isso pode causar insuficiência hepática.

Os abacates, por sua vez, contem persina e pode causar vômitos e diarréia no seu cãozinho.

Quer ver uma lista de alimentação saudável para o seu pet? Clique Aqui e veja o que você pode dar de alimento para ele.

#5 Levar um filhote a parques para cachorros

Os cães são bens sociais, mas pense bem antes de levar um filhote para um parque de cachorros. Pra começo de conversa, os cães às vezes carregam um monte de doenças, em segundo lugar, os adultos principalmente os maiores, podem ser muito brutos quando estão brincando ou correndo e podem machucar seu filhote, sem querer.

#6 Castigar o cachorro fisicamente

Sim, cães precisam de adestramento e os donos deles precisam mais ainda, mas o castigo físico nunca foi uma boa ideia.

Primeiro, isso é mau trato e depois, isso não funciona e tem efeito contrário do pretendido. Ele faz o seu cãozinho ter medo de você.

O adestramento com recompensa, é muito mais eficaz do que a disciplina física e aqui está o porquê. Enquanto o adestramento com recompensa, ajuda a construir uma relação de confiança entre o cachorro e o seu dono, o castigo físico, faz com que ele perca a confiança nos humanos de forma geral.

O treinamento com recompensa, também estimula o cachorro se comportar do jeito desejado, mas quando o cão é punido fisicamente, ele pode tentar se esconder, começar a urinar descontroladamente ou ficar petrificado de medo, além de poder se concentrar em apenas uma coisa: “isso dói e eu não gosto disso”.

Pense um pouquinho, você gosta de apanhar? Acho que não né. Você gosta de recompensas? Então …  os cães não são diferentes de você.

Então, se o seu cachorro faz coisas que você não gosta, leve-o para aulas de adestramento para que vocês dois possam aprender a conviver um com o outro.

É melhor fazer isso enquanto ele ainda é filhote, pois assim, vai ser mais fácil fazê-lo adquirir hábitos e comportamentos positivos.

#7 Não estimular o cachorro

Assim como, você nossos amigos de quatro patas, precisam de constante estímulo físico e mental, principalmente as raças trabalhadoras e é por isso que caminhar com eles é obrigatório.

Se você está pensando em adotar um amigo de quatro patas, pense se vai conseguir levá-lo para passear. Além de exercitar, essas caminhadas expõe os cães às sons e cheiros diferentes.

Este estímulo sensorial, por sua vez, faz o cérebro deles trabalhar melhor. Se eles não tiverem estímulo suficiente, eles simplesmente vão tentar se entreter. Isso, para desespero dos donos, geralmente inclui cavar, mastigar chinelos e destruir as coisas.

#8 Deixar o cachorro solto dentro do carro

As pessoas usam cinto de segurança, as crianças usam cadeirinhas e o seu cachorro usa o que? Se você deixá-lo solto no carro e algum acidente acontecer, seu pet pode se machucar muito ou até morrer.

Existem milhares de opções, quando o assunto é segurança canina, como os cintos de segurança, caixinha de transporte, grade de segurança e até cadeirinha.

É só procurar uma que atenda melhor às suas necessidades.

#9 Gritar com o cachorro quando ele faz alguma coisa errada

Gritar é uma coisa que você nunca deve fazer quando estiver disciplinando um cachorro. Assim como o castigo físico, isso não funciona, eles não entendem o Não, isso só assusta.

Principalmente se você está irritado com alguma coisa que aconteceu há muito tempo. Neste caso, além de assustado, ele também vai ficar confuso.

#10 Não proteger o cachorro contra pulgas, carrapatos e vermes

O tratamento preventivo contra parasitas, é uma das principais responsabilidades do dono do cachorro. Dizem que você pode dar um tempo nos remédios contra pulgas, carrapatos e vermes, no inverno, caso morem em algum lugar de clima frio, mas bom é confirmar isso com o veterinário. É melhor prevenir do que remediar.

#11 Deixar objetos perigosos ao alcance do cachorro

Os cães são aventureiros e isso nos coloca em todo tipo de enrascada. Adapte à sua casa, tirando todos os objetos que podem ser engolidos ou mastigadas de perto deles.

Medicações, parafusos, pregos, imãs, moedas e baterias, jamais deve ficar ao alcance do seu pet. As meias parecem ser um brinquedo favorito de todo cachorro, mas lembre-se, que se o seu cãozinho engolir uma, ela pode ficar presa na garganta dele.

#12 Ignorar os problemas de saúde típicos de determinada raça

Algumas raças requerem cuidados especiais ou têm pré-disposição a certos problemas de saúde. Sempre pesquise, antes de adotar um cachorro, para saber como cuidar melhor dele e em quais problemas você deve prestar atenção.

Se você tem cachorro ou simplesmente adoro estes bichinhos, compartilhe com todo mundo que também gosta deles.

12 Coisas Perigosas Que Você Faz Com o Seu Cachorro Sem Nem Se Dar Conta
O que achou dessa reportagem?

Facebook Comments

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of