fbpx
Ministro de Bolsonaro é condenado e perde direitos políticos

O futuro ministro do meio ambiente, anunciado por Bolsonaro, Ricardo Sales, foi condenado pela justiça por improbidade administrativa.

Agora, os direitos políticos dele foram suspensos por três anos e ele ainda vai ter que pagar uma multa que equivale a 10x o valor que recebia quando era secretário do meio ambiente de São Paulo, entre 2016 e 2017.

Segundo o Ministério Público, Sales teria fraudado elaboração do plano de manejo da área de proteção ambiental várzea do Rio Tietê, para beneficiar a federação das indústrias do estado de São Paulo.




A imprensa, ele negou as irregularidades e disse que vai recorrer no momento certo.

Lindbergh Farias

Ainda falando de improbidade administrativa, o senador Lindbergh Farias do PT, também foi condenado. Isso porque ele não prestou contas de convênio para adaptar escolas, quando foi prefeito de Nova Iguaçu. Ele nega as acusações e disse que vai recorrer.

O governo federal decretou sigilo de todos os gastos com a comissão de transição entre o atual e o novo governo. Essa informação foi passada, depois que um estudante de mestrado, solicitou os dados orçamentais.




A equipe de Bolsonaro disse que não pediu sigilo, já o governo federal ainda não se manifestou.

Ministro de Bolsonaro é condenado e perde direitos políticos
5 (100%) 1 vote

Facebook Comments